Tempos de Criança

awebic-criancas-brincando-24

O hoje não dá para passar batido, nesta noite não. A base da lua sozinho em uma mesa de madeira, o silencio vem com poucas palavras e me abraça, aos poucos as estrelas lá vão surgindo, quase não existe nuvens no céu. O dia já se foi e com ele o tempo, como eu queria apenas crescer, parece que foi ontem quando meus olhos de criança dominavam situações que mal entendia, há simplesmente tantas coisas que o tempo não pode apagar.

Bons tempos quando não havia preocupação – consciência perdida num castelo construído pelas próprias ilusões – tínhamos tanta coisa na cabeça e nada para pensar, bonecos, carrinhos e um belo copo de refrigerante mudavam uma vida. Eu nem ligava para nada, nem para o tempo que passava, poderia ser esse meu principal erro.

Olhando distraidamente para frente eu ouvi que essa vida seria super valorizada, eu ouvi dizer que sonhos se realizavam, que o amor duraria um vida, que a vida seria guiada por luzes de esperança criadas pela força e coragem, que seríamos infinitamente apaixonados, que as pessoas seriam humanamente carinhosa, cheias de bondade. Preciosas lembranças de um dia comum.

Awebic crianças brincando

Em minha mente, pelas vagas lembranças da minha vida, eu vou recolhendo esses pedaços quebrados que o tempo distorceu, eu não estou louco ou coisa parecida – em momentos sou uma criança com lágrimas escorrendo pelo rosto, chorando por tão pouco, mais tarde percebo o quanto você perde quando algo não pode ser substituído – não tenho muita certeza de como me sentir quanto a isso – outra sou homem construindo algo novo. Alguns momentos de euforia e tristeza me confundem o quando seria uma boa hora para pensar na vida. Falta pedaços de alegria e de tristeza, falas ou momentos que explicam como aconteceu.

Procurar uma peça em meio ao quebra-cabeça é complicado, principalmente quando você tenta levantar na memória para encontrar a peça que falta, de qualquer forma, só estou à procura da melhor parte em mim. Sei que eu tendo a ser inseguro, mas isso não importa mais, são as conexões que nos impulsionam.

Algo faz com que eu acredite não ser possível encontrar ou arrumar o que já ficou. Meus sonhos de criança, sumiram e perdi a noção de como poderia deixar uma situação louca desta acontecer? Estes tempos estão difíceis, mas sempre fui um lutador, Ele me fez melhor, me deu a habilidade de dizer o que vivo e o que sinto, mas acho que não sou mais tão bom quanto era antes, durante muito tempo tentando construir o que meus sonhos projetavam, percebi que mesmo dando o meu melhor não tive sucesso. Construir um sonho projetado por uma criança nunca me pareceu uma boa ideia.

As vezes fico me perguntando – O quando isso tudo é importante? Quem sabe seja a pergunta errada ou eu esteja perguntando para a pessoa errada, Eu ou Ele? – Como dizem, se você nunca tentar, nunca saberá exatamente qual é o seu valor.

Jogado em um mundo doído construído por pedaços de uma mente modelada por pessoas que julgam estarem certas mesmo erradas, esse jeito torto de percepção não é nada fácil. Parece que estou perdendo a cabeça, mas tenho certeza que já fui julgado por isso, mesmo não pareça assim tão simples